Buscar

Alta performance e worklover, o que os dois têm em comum?


A alta performance é algo que muitos querem alcançar, porém, no banco, não é para todos. E não é um atrevimento falar isso, é a pura verdade. Uma grande parte dos bancários querem mais, mas não estão dispostos a fazerem além, e reclamam que seus “esforços” não estão sendo reconhecidos e que eles mereciam muito mais.


As pessoas querem o sucesso, mas para alcançá-lo devemos ir muito além, mudar muitos hábitos em nossa rotina, ter muita força de vontade e trabalhar arduamente todos os dias. Sabe aquelas frases, como “está faltando horas no meu dia”, “faço, faço e não saio do lugar”? Então, elas são um sinal de alerta, você pode estar fazendo muito, mas, talvez, não de forma assertiva. Não significa que precisa trabalhar mais, mas, sim, trabalhar de forma mais correta.


Primeiramente a sua mentalidade tem de mudar. Você deve eliminar as justificativas para a sua falta de produtividade e sua baixa performance. Não adianta, justificativas só irão te atrasar, ou fazer você ficar no mesmo lugar, pois é uma forma, também, de se conformar com o lugar onde está. A mudança de mentalidade não é um processo tão simples, mas é totalmente possível. Trabalhar a nossa mente é algo poderoso. Saiba que a busca pela alta performance começa na mudança da sua mentalidade, caso você não esteja disposto a mudar hábitos que não funcionam, pensamentos ou atitudes, digo que é impossível você ter o sucesso que aspira.


Alguns bancários confundem o destaque, o sucesso vindo da sua produtividade juntamente com a alta performance, com se tornar um workaholic ou trabalhador compulsivo. Isso não é saudável e não tem nenhuma relação com a performance. A performance tem de se conectar com hábitos que têm a ver com seu bem estar, e não te sobrecarregar. Quem acaba indo pelo caminho do trabalho compulsivo está indo para um caminho perigoso. Existem vários motivos para ser workaholic, um deles é porque a pessoa tem uma necessidade de aprovação, talvez haja uma questão de autoestima a ser trabalhada e para compensar isso. Essa pessoa gasta horas trabalhando a mais do que deveria. Eu já fui uma pessoa muito workaholic e negligenciei outras áreas da minha vida, isso pode ser fatal. Porém, há outro perfil de profissional e ele se chama worklover e esse é o profissional que tem paixão pelo trabalho, procura encontrar o equilíbrio entre lazer, os aspectos sociais e familiares e sua saúde. Sua motivação é interna, sua trabalho tem um propósito e ele alcança a alta performance com prazer dessa maneira. Mesmo que trabalhe muito, ele faz um bom uso do seu tempo, e não descuida de outras áreas. É esse tipo de bancário que você tem de ser, se quer ser um bancário de sucesso.


No Programa Bancários de Sucesso eu, Paula Queiroz, ensino como obter a tão aclamada alta performance, entre outras coisas. Os bancários que participam do BDS dizem que o programa não só mudou suas vidas profissionais. No programa eu ensino como ser um Bancário de Sucesso e uma pessoa de sucesso. Trabalhamos como podemos encontrar o equilíbrio diante uma vida tão corrida e com tantos papéis. Quando descobrimos que realmente podemos ser mais e aprendemos como alcançar esse “mais”, a vida fica mais leve e completa.


Abraços. Paula Queiroz

53 visualizações
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram

© 2020 Bancários de Sucesso

Todos os direitos reservados