Buscar

10 passos para te ajudar a mudar hábitos negativos



Às vezes temos a impressão de que nossa vida está andando em círculos, não saímos do lugar. Acordamos, fazemos as mesmas coisas e nada muda. É então que devemos avaliar se estamos vivendo no automático ou se caímos no conformismo.


A busca pelo crescimento constante é de nossa responsabilidade. Ninguém vai fazer o que deve ser feito por você. Assim como você também não irá fazer o dever de ninguém. O comodismo é algo que está presente na vida de muitas pessoas. E o pior é que muitas pessoas acomodadas ficam questionando o motivo da vida delas não saírem do lugar, de nada evoluir, etc. E como resolvemos isso?


O ser humano tende a mudar os hábitos apenas quando é de extrema urgência. E é, na maioria dos casos, quando afeta a saúde ou interfere nos relacionamentos. No caso de estar estagnado a única maneira de sair da situação é mudar os hábitos e isso é desafiador para a maioria das pessoas, já que a acomodação não atinge nada físico ou algo semelhante. Porém, é possível dar um UP e dar volta por cima! Por isso, separei 10 dicas para que você consiga mudar os hábitos:


1 - Entenda o seu objetivo: Saiba o que você realmente quer, o que quer alcançar com a mudança.


2 - Anote tudo o que faz no automático durante o dia: Anotar tudo o que se faz ajuda a achar os hábitos que você tem que mudar. Mas anote tudo.


3 - Encontre os hábitos que estão te fazendo estagnar: Após anotar tudo o que você faz ao longo do dia, você consegue visualizar aqueles hábitos ruins, que não te acrescentam em nada.


4 - Identifique os gatilhos: Nossos hábitos, no geral, são construídos pela repetição e recompensa. Os dois juntos formam o gatilho que nos faz repetir as mesmas ações. Encontre esses gatilhos, tenha mais autoconhecimento.


5 - Substitua o velho pelo novo, um de cada vez: Se você já sabe o que não te leva para frente, é hora de substituir. Sim, você irá substituir um velho hábito, por um novo. Porém, não adianta querer mudar todos de uma vez só. Você deve mudar um por vez, sem pressa.


6 - Estabeleça um dia para o início: Determine quando você irá começar essa mudança e cumpra. De nada adianta ficar estipulando datas e procrastinando a todo momento. Seja firme e comece no dia que escolher.


7 - Comece por um hábito fácil: Não comece por algo muito desafiador logo de cara. Se tem dificuldade de ser mais saudável, por exemplo, comece por uma refeição por dia e depois vai aumentando gradativamente. Isso torna o processo mais tranquilo e menos desmotivador.


8 - Você poderá deslizar, mas não desanime: Se você pensa que não irá fraquejar, não irá escorregar, espero que não aconteça mesmo. Porém, é comum e você não pode deixar que isso te afete. Seja firme em seu propósito.


9 - Peça ajuda de alguém confiável: Caso você não esteja dando conta de permanecer no novo hábito, peça ajuda de alguém confiável para estar ali contigo “fiscalizando” sua rotina.


10 - Mantém por 21 dias: Há um estudo que diz que quando fazemos algo por 21 dias é muito mais provável que isso vire um hábito. Então, no mínimo, faça por 21 dias essa mudança em sua rotina para realmente enxergar algum resultado positivo.


Os hábitos negativos afetam diretamente nossa vida e, muitas vezes, não percebemos que isso está acontecendo. Olhe para você, para sua vida, para o banco que trabalha e percebe o que, de fato, acontece ao seu redor. A mudança de hábitos irá te fortalecer e te ajudar a conseguir ser a pessoa e o bancário que sempre quis.


Quer ter mais dicas como essa? Siga meu perfil no Instagram @bancariosdesucesso e veja as postagens diárias que compartilho por lá!


Abraços.

Paula Queiroz

0 visualização
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram

© 2018 Bancários de Sucesso

Todos os direitos reservados